DICAS DE SAÚDE

Evite que a intoxicação alimentar atrapalhe seu verão

Nesta época do ano, o índice de intoxicação alimentar aumenta consideravelmente no Brasil. Isso porque os alimentos tendem a perder a validade com mais facilidade no calor. “A higienização, o armazenamento, o corte e o pré-preparo dos alimentos são fundamentais para evitar esse tipo de problema”, explica Anna Christina Castilho, nutricionista e personal diet de São Paulo.

Tal infecção, provocada pela ingestão de comida estragada, está entre as principais causas de internação hospitalar em todo o mundo. Além disso, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças transmitidas por alimentos provocam cerca de 1,5 bilhão de casos de diarréia, um dos sintomas da intoxicação alimentar. Os demais são mal-estar, dores de estômago, vômito e até febre.

No réveillon, por exemplo, a atenção deve ser redobrada. Saladas de maionese, frutos do mar, verduras cruas e outros alimentos crus, que geralmente fazem parte do cardápio dos brasileiros, precisam ser preparados e refrigerados adequadamente.

A falta de refrigeração da comida pode aumentar o risco de contaminação.

“SALADAS DE MAIONESE, FRUTOS DO MAR, VERDURAS CRUAS E OUTROS ALIMENTOS CRUS, QUE GERALMENTE FAZEM PARTE DO CARDÁPIO DOS BRASILEIROS, PRECISAM SER PREPARADOS E REFRIGERADOS ADEQUADAMENTE”

Em casos de intoxicação alimentar, o paciente deve procurar um médico, pois a contaminação pode levar à morte se não for devidamente tratada. As pessoas infectadas também são aconselhadas a hidratar o organismo. “As bebidas isotônicas e a água de coco são ótimos repositores de nutrientes. Elas são ricas em sódio e potássio”, afirma a nutricionista Anna Christina.

Ainda segundo a especialista, as crianças não têm o sistema imunológico totalmente fortalecido. Por isso, são mais propícias a esse tipo de doença e merecem atenção especial.

Mãe de Giovanna, de 6 anos, a advogada Patricia Fisher segue à risca os cuidados com os alimentos da filha para não ter problemas. “Nesta época do ano, vou ao supermercado todos os dias para ver o que está bom para consumo.

Categories: Blog